0

Política de Troca

A Fulanitas de Tal Sapatos Contemporâneos segue à risca o Código de Defesa do Consumidor e garante seus produtos contra defeitos de fabricação pelo prazo de 90 dias a contar da compra em balcão ou do recebimento, nos casos de compra pela internet.

Defeitos de fabricação incluem problemas no tingimento, colagem, costura, corte ou montagem, e não incluem, em hipótese alguma o desgaste natural ou danos causados pelo uso, como arranhões, rasgos ou furos. Em todos os casos de reclamação, a troca ou o conserto ocorrerão somente mediante análise do produto.

Cuide sempre de seu Fulanitas de Tal, seguindo as instruções de limpeza e conservação. Produtos em couro natural terão sua vida útil reduzida quando entram em contato com a água. Portanto, não lave sapatos ou outros objetos de couro em água, limpe-os com um pano úmido e detergente neutro, quando necessário. Quando molhados, cuide para que sequem em ambiente arejado tão logo quanto possível. Jamais limpe seus calçados com materiais abrasivos, como algumas esponjas, palhas de aço ou escovas de cerdas duras, pois irão afetar seriamente o acabamento. Roupas deverão ser lavadas com critério. Seque-as à sombra e jamais as torça. Não utilize alvejantes, e na hora de passar observe a temperatura apropriada para cada tipo de tecido.

Guarde seu cupom fiscal. Ele será essencial em caso de troca, devolução, ou em caso de defeito. Dúvidas? Escreva-nos para contato@fulanitasdetal.com.br. Você também poderá nos encontrar nas redes sociais ou através dos telefones de nossas lojas.

TROCAS:

Trocas serão realizadas apenas nos casos em que o conserto não seja possível ou viável, pelo mesmo modelo, cor e tamanho, caso disponível. Caso não seja possível a troca por produto igual, será oferecido produto semelhante, de valor igual, ou vale-troca por outro modelo de valor igual ou superior.

Custos de envio através dos correios, para compras via internet, decorrentes de trocas ou devoluções em casos previstos em lei, correrão por nossa conta. Antes de fazer o envio, em qualquer caso, entre em contato conosco em busca de orientações. Custos decorrentes de envios por meios que não forem previamente acordados, como o SEDEX, não serão reconhecidos.

DEVOLUÇÕES:

Devoluções em dinheiro ocorrerão apenas nos casos previstos no CDC, ou seja, quando for impossível o conserto ou a troca no período legal de trinta dias, ou, no caso de venda por meio eletrônico, no período de sete dias corridos após o recebimento, a título de arrependimento.

Em caso de defeitos, entre em contato conosco e formalize sua reclamação. Defeitos de fabricação e/ou vícios ocultos serão prontamente sanados sem qualquer custo ao consumidor. Defeitos decorrentes do mau uso ou desgaste poderão ser sanados mediante o pagamento de taxas, conforme orçamento, quando autorizado expressamente. Fretes não estarão cobertos, correndo por conta do consumidor. Leia sempre o termo de garantia e as recomendações de uso e limpeza!

Exercer o arrependimento em compras pela internet é um direito do consumidor, que reconhecemos e respeitamos. Muitas vezes, pode ocorrer de a expectativa sobre o produto não corresponder à realidade do que lhe foi vendido por um fornecedor, e é por isto que buscamos fornecer o máximo de informações a respeito do produto e seu uso. Pedimos que, sempre, verifique todas as informações, inclusive aquelas a respeito de materiais que possam lhe provocar alergias. Em outros casos, o arrependimento pode ocorrer após uma compra por impulso, o que também está coberto pela lei. Mas tenha em mente que esta atitude gera custos desnecessários que podem acabar sendo repassados aos demais produtos. Portanto, exerça o consumo consciente. Isto gera menos transtornos inclusive para quem compra, já que o processo de devolução pode acabar tomando bastante do seu tempo! O abuso deste direito também pode configurar má-fé.

O direito de arrependimento, apesar de se estender por sete dias, se encerra quando do efetivo uso do produto, e não cobre eventuais insatisfações a respeito da ergonomia, por exemplo. Portanto, sempre que receber seu produto, experimente-o em casa. Em caso de calçados, em chão limpo. Aproveite e verifique eventuais discrepâncias entre o que foi pedido e o que foi entregue (como tamanho, cor, etc), e verifique se não existem defeitos aparentes, para que possam ser sanados mais rapidamente.

A Fulanitas de Tal se reserva ao direito de, em hipótese alguma, restituir valores decorrentes de arrependimento sem a devolução por parte do consumidor. Danos ocorridos enquanto o produto estiver sob a responsabilidade do cliente - inclusive quando em trânsito - são de sua inteira responsabilidade, e por isto recomendamos que seja devidamente embalado.

DISPOSIÇÕES LEGAIS

Art. 18. Os fornecedores de produtos de consumo duráveis ou não duráveis respondem solidariamente pelos vícios de qualidade ou quantidade que os tornem impróprios ou inadequados ao consumo a que se destinam ou lhes diminuam o valor, assim como por aqueles decorrentes da disparidade, com a indicações constantes do recipiente, da embalagem, rotulagem ou mensagem publicitária, respeitadas as variações decorrentes de sua natureza, podendo o consumidor exigir a substituição das partes viciadas.

Parágrafo 1° Não sendo o vício sanado no prazo máximo de trinta dias, pode o consumidor exigir, alternativamente e à sua escolha:

I - a substituição do produto por outro da mesma espécie, em perfeitas condições de uso;

II - a restituição imediata da quantia paga, monetariamente atualizada, sem prejuízo de eventuais perdas e danos;

III - o abatimento proporcional do preço.

Parágrafo 2° Poderão as partes convencionar a redução ou ampliação do prazo previsto no parágrafo anterior, não podendo ser inferior a sete nem superior a cento e oitenta dias. Nos contratos de adesão, a cláusula de prazo deverá ser convencionada em separado, por meio de manifestação expressa do consumidor.

Parágrafo 3° O consumidor poderá fazer uso imediato das alternativas do parágrafo 1° deste artigo sempre que, em razão da extensão do vício, a substituição das partes viciadas puder comprometer a qualidade ou características do produto, diminuir-lhe o valor ou se tratar de produto essencial.

Parágrafo 4° Tendo o consumidor optado pela alternativa do inciso I do parágrafo 1° deste artigo, e não sendo possível a substituição do bem, poderá haver substituição por outro de espécie, marca ou modelo diversos, mediante complementação ou restituição de eventual diferença de preço, sem prejuízo do disposto nos incisos II e III do parágrafo 1° deste artigo.

Art. 20. O fornecedor de serviços responde pelos vícios de qualidade que os tornem impróprios ao consumo ou lhes diminuam o valor, assim como por aqueles decorrentes da disparidade com as indicações constantes da oferta ou mensagem publicitária, podendo o consumidor exigir, alternativamente e à sua escolha:

II - a restituição imediata da quantia paga, monetariamente atualizada, sem prejuízo de eventuais perdas e danos;
III - o abatimento proporcional do preço.

Art. 26. O direito de reclamar pelos vícios aparentes ou de fácil constatação caduca em:
II - noventa dias, tratando-se de fornecimento de serviço e de produtos duráveis.

Parágrafo 1° Inicia-se a contagem do prazo decadencial a partir da entrega efetiva do produto ou do término da execução dos serviços.

Parágrafo 2° Obstam a decadência:

I - a reclamação comprovadamente formulada pelo consumidor perante o fornecedor de produtos e serviços até a resposta negativa correspondente, que deve ser transmitida de forma inequívoca;

Parágrafo 3° Tratando-se de vício oculto, o prazo decadencial inicia-se no momento em que ficar evidenciado o defeito.

Art. 49. O consumidor pode desistir do contrato, no prazo de 7 dias a contar de sua assinatura ou do ato de recebimento do produto ou serviço, sempre que a contratação de fornecimento de produtos e serviços ocorrer fora do estabelecimento comercial, especialmente por telefone ou a domicílio.

Parágrafo único. Se o consumidor exercitar o direito de arrependimento previsto neste artigo, os valores eventualmente pagos, a qualquer título, durante o prazo de reflexão, serão devolvidos, de imediato, monetariamente atualizados.